.

Cão volta a correr após ganhar próteses feitas em impressora 3D!


Com deformações congênitas nas duas patas dianteiras, o cachorro Derby nunca pode andar direito. O cão, no entanto, teve uma sorte na vida. Foi adotado por Tara Anderson, diretora de uma empresa chamada 3D Systems que trabalha com impressão 3D. Sua nova dona decidiu usar a tecnologia que domina para permitir que seu novo amigo pudesse correr normalmente.

Com isso, ela começou a imprimir próteses. Foram várias tentativas e protótipos até chegar ao design final, que não lembra nem um pouco a pata de um cão comum.
O motivo pelo qual o visual é tão diferente do tradicional é interessante: os responsáveis acharam que se a prótese fosse mais “pontuda”, ela poderia ficar presa na terra macia, por exemplo.

Kevin Atkins, da 3D Systems, explica como a impressão 3D ajudou no projeto. “É ótimo ter esses arquivos no computador e ser capaz de imprimi-los. É muitos mais rápido do que esculpir à mão cada um dos moldes e recriá-los entre cinco e dez vezes”, afirma.
Mas convenhamos que o que realmente importa é que o cão, assim que colocou suas novas próteses, começou imediatamente a correr, como se já estivesse acostumado há meses.

Fonte: Olhar Digital

Compartilhar no Google Plus

Sobre: Antonio Junior

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

.
.

REPORTAGENS

.
.
.