.

Conheça o traje criado para homem ser engolido por sucuri.

Traje para proteção das Mordidas da Cobra.



O americano Paul Rosolie não é só um estudioso de cobras, mas também um homem bem corajoso. Paul gravou um documentário em parceria com a Discovery em que é engolido por uma sucuri e, acredite ou não, sai vivo de lá.

Batizado de "Eaten Alive", o documentário será exibido no próximo domingo, 7, e contará com a participação de uma sucuri de 7,5 metros de comprimento e 200kg.

Para isso, é claro que Rosolie precisou de um traje específico que envolvia uma série de camadas. Em um vídeo publicado no YouTube, a Discovery explica como foi possível o feito. Em primeiro lugar, Paul vestiu uma camiseta com um dispositivo que monitora batimentos cardíacos, temperatura do corpo e respiração. Os dados são enviados a uma equipe externa por Bluetooth. A bateria do monitor dura 26 horas.

Na camada de cima, um colete resfria o corpo por meio pequenos tubos que circulam água para manter a temperatura de Paul durante o ataque. Segundo a equipe por trás do traje, coletes similares são usados por militares.

Em seguida, um macacão protege Rosolie dos acidos gástricos no estômago da cobra. No vídeo, uma das responsáveis pelo projeto diz que o macacão foi testado com 107 produtos químicos e tem durabilidade de oito horas.

Dando contuinidade, uma malha para os braços de Paul o protegem das mordidas da sucuri. O vídeo mostra ainda testes com facas que não atravessam o material. Depois dela, uma armadura envolve o tórax, pernas e braços de Paul.

Além disso, uma mácara e um capacete protegem a cabeça. No caso da máscara, ela permite não só respirar, mas também que a pessoa se comunique por meio de um alto falante embutido.
Mas não acaba por aí. O traje ainda é ligado a uma corda especial que permite medir a força que a sucuri tem para engolir sua presa e tem uma última camada de neoprene. Confira abaixo o vídeo: 



Fonte: Olhar Digital
Compartilhar no Google Plus

Sobre: Antonio Junior

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

.
.

REPORTAGENS

.
.
.