.

EUA e Reino Unido são acusados de hackear maior fábrica de chips de celular!

Agências de inteligência dos Estados Unidos e do Reino Unido burlaram a segurança da maior fabricante de chips de celular para roubar códigos, que facilitam a espionagem de aparelhos. As informações foram vazadas pelo ex-funcionário da NSA (agência de segurança dos Estados Unidos), Edward Snowden, e publicadas no site norte-americano"The Intercept".
A empresa holandesa Gemalto, que é a maior fabricante de SIM Cards para celulares, informou que está averiguando se houve alguma quebra de segurança. A companhia opera em 85 países e atende operadoras do mundo todo -- estima-se que 30% dos chips ativos no mundo são feitos por ela.
Agências de inteligência teriam hackeado e-mails de funcionários da Gemalto para espionar chamadas e mensagens de texto

De acordo com o site "The Intercept", a invasão dos sistemas de segurança da companhia deu às agências de segurança "o potencial de monitorar secretamente boa parte das comunicações mundiais feitas via celular, incluindo voz e dados".
A interceptação de dados pelas agências do Reino Unido e dos Estados Unidos teria começado em 2010. Após roubarem os códigos de encriptação, eles poderiam decodificar dados que passam entre os celulares e as torres. Com isso, as agências de inteligência conseguiriam detectar quaisquer ligações, mensagens ou e-mails trocados pelos dispositivos.
Segundo o "The Intercept", as agências de seguranças tiveram acesso à Gemalto após hackearem o e-mail de funcionários da empresa holandesa. Com isso, eles conseguiram roubar milhares de códigos de encriptação. (Com BBC)
Fonte: UOL Tecnologia!
Compartilhar no Google Plus

Sobre: Antonio Junior

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

.
.

REPORTAGENS

.
.
.