.

Android M: todas as informações da nova versão do SO!

A prévia para desenvolvedores do Android M foi lançada durante a conferência de abertura do Google I/O 2015, e abaixo você pode ver todas as novidades e funções trazidas por essa nova versão, bem como informações sobre seu lançamento, seus possíveis nomes oficiais e o link para baixar o firmware no seu Nexus. Este é o guia definitivo sobre o Android M!

Android M: Lançamento

Assim como vimos a equipe da Google anunciando a versão prévia do Lollipop, o Android L, meses antes da liberação da versão final, o mesmo aconteceu com o Android M. Mesmo que a data de anúncio do Android M tenha sido em 28/05, o novo firmware deve ser lançado entre outubro e novembro, junto com os novos dispositivos Nexus. A versão prévia para desenvolvedores já foi liberada para o Nexus 5, o Nexus 6 e o Nexus 9 (confira o final deste artigo).

 Android M: Nome

Até o momento, o Google chama a nova versão de Android M, como estamos acostumados a escutar nos últimos meses. Apesar de termos visto a equipe do Android chamando a nova versão internamente de Macadamia Nut Cookie (MNC), nada ainda está definido nesse sentido, e teremos que aguardar um pouco mais para ver o nome oficial do Android M. Os doces mais cotadas até o momento são Marshmallow,Milkshake Muffin.
Vale lembrar que no passado, os nomes usados internamente para se referir às novas versões do SO foram diferentes daqueles anunciados posteriormente. Assim, no caso do KitKat tivemos Key lime Pie (KLP) e no do Lollipop, Lemon Meringue Pie (LPM). Logo, nada ainda está definido.


Android M easter eggA versão do Android M para desenvolvedores está disponível! / © ANDROIDPIT

Android M: Funções

Dark Theme

O tema branco do Android Lollipop feria as nossas retinas, principalmente quando os dispositivos eram usados no escuro. Com o Android M, é possível configurar um tema escuro de forma nativa. Uma bela otimização do Android M, que pode ser acessada nas opções de desenvolvedor:


Dark UI android mO Dark Theme pode ser escolhido de maneira nativa na prévia do Android M. / © ANDROIDPIT


Infelizmente, o tema não vale para aplicativos. Bom saber que, ao menos no âmbito do sistema, o Android finalmente voltou para o ladro negro da Força, não acha?

Controle de permissões de aplicativos

O Google finalmente irá introduzir uma função esperada há anos pelos usuários do seu sistema operacional: com o Android M, será possível conceder e negar permissões singulares aos aplicativos antes da sua instalação, em vez de aceitar o pacote de permissões imposto pelo app. Claro, algumas permissões são inerentes ao funcionamento de certos serviços, portanto elas não poderão ser bloqueadas individualmente, mas mesmo assim é bom saber que o Android continua no processo de fornecer mais possibilidades de controle aos usuários.


androidmpermissoesappsGerenciamento de permissões de aplicativos no Android M. / © ANDROIDPIT

Novas funções para melhorar a experiência com a web

Uma das novidades é o uso de abas do Chrome em aplicativos, denominado Chrome Custom Tab, através deste novo recurso, será possível ter uma visão web em aplicativos ao adicionar uma janela customizada do Google Chrome na parte superior do aplicativo, por exemplo. Na demonstração foi usado o Pinterest e mostrou que no Android M, em vez de irmos para uma nova aba do Chrome ou para uma experiência visual da web, teremos uma aba personalizada, como um pop up, onde será possível ter acesso a algumas funções do Chrome, como salvar senhas, autopreenchimento dos campos a partir do teclado e recursos de segurança do Chrome.

Acesso ao Google Now a partir da tela de bloqueio

Até agora, a opção na parte inferior esquerda da tela permitia o acesso rápido ao app do telefone. Com o Android M, essa opção foi repensada e permite o acesso direto ao Google Now: uma maneira simples para efetuar uma busca ou fazer uma anotação rápida, por exemplo.


androidmvozO acesso direto ao Google Now a partir da tela de bloqueio. / © ANDROIDPIT

App Links

Aplicativos no Android M terão permissão para verificar outros aplicativos, ou seja, tudo ficará mais rápido visto que automaticamente abrirá um diálogo usando um aplicativo específico para aquela ação, sem a necessidade de termos que escolher entre os apps na nossa gaveta de aplicativos. Tomando como o exemplo o Twitter, atualmente precisamos responder qual ferramenta queremos utilizar para abrir uma postagem no microblog, agora isso será automático, visto que o app Twitter será considerado um sistema de confiança para o sistema.


androidmlinks2As URLs de domínio do Android M. / © ANDROIDPIT

Android Pay: Suporte para pagamentos móveis

O Android Pay traz a integração avançada entre emuladores de cartões, internet e conectividade NFC para oferecer uma forma de pagamentomobile mais simplicidade e segurança para os usuários de smartphones. O Android Pay é uma plataforma aberta e pode ser usado por outras entidades, como bancos, e não há necessidade de usar isso apenas com os serviços do Google (GApps). Inclusive desenvolvedores poderão usá-lo em seus aplicativos. Até o momento, ele é oferecido apenas nos EUA. Vale lembrar que o Android Pay possui suporte a partir do Android 4.4.


fingerprint google ioAtravés do leitor de digitais será possível fazer pagamentos usando o Android Pay. / © Google

Leitura de impressão digital

O Android M trará o leitor de impressão digital como função nativa. Assim, você poderá utilizar o Android Pay, por exemplo, comprar apps na Play Store e fazer compras de modo geral. Esta função também servirá para desbloquear aparelhos, assim como temos no Galaxy S6 ou Galaxy Note 4, porém as OEM já não precisarão desenvolver a própria tecnologia, elas terão isso da Google.

Melhor gerenciamento de energia

O Android M terá como destaque o melhor gerenciamento de energia. A ideia é fazer com que os recursos do sistema sejam usados de forma inteligente e entreguem alta performance. Para tanto, os aplicativos no Android M serão capazes de diminuir a atividade em segundo plano quando não forem usados por determinado período de tempo, mas ainda serem ativos para eventos importantes, como alarmes. Isso faria com que o aparelho economizasse até duas vezes a bateria (promessa do Google a ser confirmada). Também teremos um novo padrão de USB, chamado USB Type-C, e com ele você poderá carregar um dispositivo no outro, pois as saídas serão iguais.


androidmbateriaA nova opção de ignorar otimizações de apps no que diz respeito à bateria. / © ANDROIDPIT


Por fim, o menu dedicado à bateria traz a nova opção de "Ignorar as otimizações" descritas acima. Por padrão, três apps são configurados para não diminuir as atividades (e portanto o consumo de bateria): o gerenciador de downloads, o Play Services e a Play Store. Este menu permitirá que você configure também outros aplicativos para essa lista.

A volta do modo silencioso

Sim, o Google ouviu seus usuários, e agora existe novamente um modo silencioso facilmente acessível. Para ativá-lo basta pressionar o botão de diminuir volume até que o símbolo de vibração apareça. Clicando mais uma vez ele se apagará. Pronto, seu smartphone ficou silencioso e apenas o despertador ainda irá funcionar.


androidmsilenciosoUm modo silencioso bem mais simples no Android M. / © ANDROIDPIT

Lista ABC no Google Now Launcher

A partir de agora ficará mais fácil encontrar seus apps na visão geral de aplicativos, pois o registro ABC na lateral esquerda vai dar acesso rápido aos apps. Também novo: uma função de busca e uma barra superior com os últimos quatro apps usados.


androidmaplicativosA nova lista ABC do Android M (direita). / © ANDROIDPIT

Gerenciador de RAM

O Android Lollipop já nos informa quais aplicativos utilizam muita memória RAM. Em comparação com o Android M, algumas melhorias foram feitas, pois agora há dois novos mostradores informando sobre o uso médio e máximo de RAM em cada aplicativo.


androidmramO Android M informa o uso médio e máximo de memória RAM de cada aplicativo. / © ANDROIDPIT

Usar o cartão SD como memória interna

Se o seu dispositivo tiver entrada para cartão microSD, você pode comemorar. Com o Android M o cartão microSD pode ser formatado para que se comporte como a memória interna do dispositivo. Assim, será possível salvar normalmente qualquer aplicativo no cartão microSD.

Possibilidade de escolher a banda de frequência Wi-Fi

Para quem compartilha com frequência a internet no seu Android, o Google acrescentou uma opção que permite determinar a banda de frequência com que o sinal é emitido (entre 2,4 GHz e 5 GHz). Uma boa opção, mas o sinal de 5,0 GHz só está disponível em dispositivos compatíveis (por enquanto, o Nexus 6 e o Nexus 9).


androidmwifiCom o Android M você escolhe a banda de frequência Wi-Fi. / © ANDROIDPIT

Personalização das Configurações rápidas

Finalmente a possibilidade de seleção das Configurações Rápidas foi introduzida como recurso nativo no Android M, mas ainda presente nas Opções de Desenvolvedor. Ativando-as, contudo, você poderá escolher e mover os ícones do seu menu de Configurações Rápidas, em System UI tuner ou Sintonizador de System UI:


androidmsystemuiA personalização das Configurações Rápidas no Android M. / © ANDROIDPIT


Android M: como baixar e instalar a versão prévia

A versão prévia para desenvolvedores já foi liberada para o Nexus 5, o Nexus 6 e o Nexus 9. Assim, se você possui um destes três aparelhos, poderá instalar a "versão atualizada" do Android M. No link abaixo você encontra um tutorial e o link de instalação das novas imagens de fábrica para o Nexus 5:


google io 2015 android m developer previewAndroid M e suas 6 funções-chave! / © ANDROIDPIT


O que achou da prévia do Android M, deixe seu comentário?

Fonte: AndroidPIT
Compartilhar no Google Plus

Sobre: Antonio Junior

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

.
.

REPORTAGENS

.
.
.